Publicidade
Publicidade
Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Paraná Pesquisas indica segundo turno em Feira de Santana

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Paraná Pesquisas indica segundo turno em Feira de Santana

Colbert, Zé Neto, Dayane e Geilson são os quatro primeiros

O prefeito de Feira de Santana e candidato à reeleição, Colbert Martins (MDB), e Zé Neto (PT) estão tecnicamente empatados segundo pesquisa realizada pelo Instituto Paraná. Martins e Neto têm 31% e 29,8%, respectivamente. Outro empate é apontado no terceiro lugar entre Carlos Geilson (Podemos) e a Professora Dayane Pimentel (PSL): o primeiro com 7,6% e a parlamentar com 7%. Esse cenário apresenta indefinições sobre os ocupantes do primeiro e terceiro lugares, mas indica realização de segundo turno.

Em seguida, o levantamento traz José de Arimateia (Republicanos) em quinto, com 3%; seguido por Carlos Medeiros (Novo), com 1,9%, e Beto Tourinho (PSB), com 1,1%. A seguir aparece Orlando Andrade (PCO), com 0,9%. Já Marcela Prest (PSOL) e Rei Nelsinho (PRTB) têm 0,5% das intenções de voto. Ainda neste cenário estimulado, votos brancos e nulos são 11,5% e 5,3% dos eleitores não sabem ou não responderam.

Espontânea

No cenário espontâneo, a liderança é de Colbert Martins, com 22,6%. O petista Zé Neto vem em seguida com 17%. A Professora Dayane Pimentel e Carlos Geilson surgem com 2,5% e 1,5%. Carlos Medeiros tem 1% e José de Arimateia 0,9%. Outros candidatos somados correspondem a 0,8% dos votos. O percentual de eleitores que não sabem em quem votar é 41,8%; 12% afirmam que não votarão em ninguém.

A pesquisa do Instituto Paraná ouviu 800 eleitores entre os dias 22 e 27 de outubro, tem margem de erro de 3,5%, confiança de 95% e está registrada no TSE sob o número BA-02422/2020.

Rejeição

O candidato Zé Neto lidera no quesito rejeição, com 29,9%. O segundo mais rejeitado é Colbert Martins, com 25%. Carlos Geilson tem 13,3% e Professora Dayane Pimentel 13%. A deputada federal é a que tem a menor rejeição entre os quatro primeiros colocados na pesquisas estimulada e espontânea.

Ainda no cenário de rejeição, Rei Nelsinho tem 10,6% e José de Arimateia tem 10,1%. A seguir, vêm Beto Tourinho (9,6%), Marcela Prest (7,1%), Orlando Andrade (6%) e Carlos Medeiros (5,9%). Os que não sabem ou não responderam somam 16% e 7,8% afirmaram que poderiam votar em todos.

Análise

O cenário de outubro apontado pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra a polarização entre os candidatos Colbert Martins e Zé Neto, que já lideravam segundo o levantamento de julho de 2020 – ambos cresceram significativamente no cenário espontâneo; em julho, tinham 8,2% e 7,3%, respectivamente. Em terceiro lugar, há empate técnico entre a Professora Dayane e Carlos Geilson, entretando a candidata do PSL cresceu mais que Geilson nesse cenário, passando de 1,6% para 2,5%, enquanto o candidato do Podemos passou de 1,2% para 1,5%.

Há indefinição no cenário sobre quem ficará nas disputas do primeiro e terceiro lugares. Se for considerada a baixa rejeição de Geilson e Dayane, ambos podem dar uma arrancada na reta final da disputa. Já os dois primeiros colocados, parecem muito próximos do teto. O candidato do PT Zé Neto, por possuir a maior rejeição, está em leve desvantagem em relação ao atual prefeito e candidato à reeleição, Colbert Martins.

Fonte:informebaiano.com.br

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *