Sobe para 20 nº de mortos por causa da chuva na Bahia; mais de 430 mil pessoas foram afetadas em todo estado

Sobe para 20 nº de mortos por causa da chuva na Bahia; mais de 430 mil pessoas foram afetadas em todo estado

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os dois óbitos mais recentes foram registrados em Itabuna, e confirmados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade.

Subiu para 20 o número de pessoas mortas em decorrência das fortes chuvas que atingiram o sudoeste, sul e extremo sul da Bahia. Em todo o estado, mais de 430 mil pessoas foram afetadas pelo temporal.

Os dados relacionados às vítimas têm sido divulgados pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), que contabiliza ao todo 18 mortes. Os dois óbitos mais recentes foram registrados em Itabuna, e confirmados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade. Após Rio Cachoeira subir 9 metros, nível da água começa a baixar e moradores contabilizam prejuízos em Itabuna.

A 19ª vítima foi identificada como Felipe Duarte Garcia, de 21 anos. Ele estava sendo procurado desde o domingo (26), quando desapareceu com a enxurrada. O corpo dele foi encontrado às margens do Rio Cachoeira, na região que passa pelo bairro Urbis IV.

Segundo moradores, Felipe foi carregado pela correnteza, enquanto passava pela BR-415. O jovem era morador do bairro Jorge Amado. Ainda não há detalhes sobre o sepultamento dele.

A 20ª vítima é a Maria das Neves Souza dos Santos, de 33 anos. Ela era moradora da Vila da Paz, que é uma região ribeirinha entre a BR-415 e o Cachoeira, na saída de Itabuna para Ilhéus. Ela estava em casa, no banheiro, quando a estrutura desabou sobre ela na madrugada de domingo (26).

De acordo com a Sudec, a Bahia tem 16.001 pessoas desabrigadas, o que significa dizer que elas precisam ser alojadas pelas prefeituras. Além disso, outras 19.580 ficaram desalojadas, ou seja, também tiveram que abandonar seus imóveis, mas não precisaram de abrigo do município.

A Bahia tem, até esta segunda, 72 municípios em situação de emergência reconhecida. Até o último sábado (25), 25 cidades faziam parte da lista. No entanto, no domingo (26), o governador Rui Costa reconheceu outras 47 nesta condição. Do total, 58 delas estão também em situação de crise por causa das enchentes.

Fonte:g1.globo.com/ba