Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Setembro Verde: Dobra número de captações de órgãos no Hospital Clériston Andrade

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Setembro Verde: Dobra número de captações de órgãos no Hospital Clériston Andrade

A Organização de Procura de Órgãos de Feira de Santana (OPO/Feira) que funciona do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em parceria com o Grupo de Trabalho Humanizado (GTH), promove nesta segunda-feira, 28, uma ação alusiva ao Dia 27 de Setembro, data em que se comemora o Dia Nacional da Doação de Órgãos. A ação de impacto vai acontecer no corredor principal da unidade e envolve atividades de musicoterapia, distribuição de brindes, exibição de vídeos temáticos nas tvs internas da unidade e palestra sobre o tema.
O principal objetivo da Campanha Nacional de Doação de Órgãos é conscientizar a população em geral sobre a importância de ser doador de órgãos. Tal prática tem o intuito de ajudar milhares de pessoas que lutam por uma oportunidade de salvar as suas vidas. Este ano, até o dia 20 de setembro, 29 pessoas foram diagnosticadas com Morte Encefálica (ME) em Feira de Santana e região. Destas 10 tiveram seus órgãos doados. No mesmo período de 2019 foram 31 diagnósticos de ME e apenas 5 doações, ou seja, houve um aumento de 100% no número de doações. No entanto, o número de doações poderia ser maior, visto que um dos empecilhos ainda continua sendo a taxa de negativa familiar.

De acordo com Saionara Dourado, membro da OPO/Feira, até julho deste ano 1.275 pessoas aguardavam na fila para transplante de órgãos (rim, fígado, córneas) na Bahia. “Um doador pode salvar em média 7 vidas. Daí a importância da pessoa demonstrar em vida o desejo de ser um doar de órgãos. Pois, após a morte é a família quem autoriza.

Fonte: ASCOM/HGCA