Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Selecionadas para redução das mamas serão operadas até início de 2022

Selecionadas para redução das mamas serão operadas até início de 2022

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

64 mulheres já passaram pelas primeiras etapas de avaliaçãoO Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, promoveu um encontro na manhã desta quarta-feira, 20, com todas as mulheres selecionadas para cirurgia de gigantomastia – redução da mama gigante.  São 64 pacientes [grau 5], do último multirão, que já passaram pelas primeiras etapas de avaliação, de acordo com os critérios do Programa de Gigantomastia (PROEG) – outras que já realizaram a cirurgia de redução de mama, entre os anos de 2020 e 2021, também participaram do encontro.

“O objetivo desse encontro foi para tranquilizar as mulheres selecionadas e que aguardam a cirurgia que elas serão chamadas. Devido a pandemia da Covid-19 tivemos que  reduzir os procedimentos”,  afirmou o cirurgião plástico e coordenador do programa, César Kelly.

O médico observa que devido o peso dos seios, as mulheres apresentam problemas de saúde, como dores nos ombros e na lombar, como também  insatisfação sexual e problemas emocionais. “Nós queremos recuperar a dignidade feminina, o equilíbrio psíquico e a saúde delas. Somos uma equipe motivada pelo sorriso e a emoção nos olhos dessas mulheres a cada cirurgia que fazemos”, diz César Kelly.

250 mulheres operadas  O Programa de Gigantomastia foi implantado no Hospital da Mulher em 2013. Durante esse período já beneficiou 246 mulheres feirenses, todas elas de baixa renda – 1.200 passaram por avaliação.  Segundo a diretora presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, “a meta é operar todas as feirenses do último mutirão que já passaram em todas as avaliações e que atendem as exigências do programa até o início do próximo ano”.  

“É uma vontade do prefeito e prioridade nossa ampliar as cirurgias eletivas, como as de ginecologia e das mamas, a fim de evitar que sejam futuras pacientes de urgência e emergência”, afirma. 

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br

Foto: Fátima Brandão