Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Quer emagrecer e de forma natural? Então segue a dica:

Quer emagrecer e de forma natural? Então segue a dica:

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O que você precisa saber sobre emagrecimento saudável e sua relação com a fitoterapia chinesa

​A busca pelo emagrecimento de forma saudável tem na fitoterapia uma grande aliada. A conhecida técnica milenar chinesa que se utiliza de plantas e vegetais está longe de ser um tratamento voltado para um único fim e somente baseada em chás, como muitos ainda acreditam. Bem estar e um corpo magro ou com o peso real, que respeite biotipos e a vontade do paciente são perfeitamente possíveis quando a fitoterapia é adotada ao tratamento de pessoas com sobrepeso e ou outras desordens metabólicas, a exemplo do acúmulo de líquidos, com a promessa de resultados rápidos e duradouros.
​ A fisioterapeuta, acupunturista e dermato funcional, Sidiara Castro, é adepta à técnica e, desde que passou a adotar protocolos de emagrecimento também junto as suas pacientes, os resultados tem se intensificado e a lista de pessoas em busca de redução de medidas, perda de peso e outras demandas estéticas tem crescido. De acordo com a Dra. Sidiara, para a elaboração e execução de tais protocolos, é preciso levar em consideração os fatores que, de acordo com a medicina tradicional chinesa, fazem com que as mulheres engordem.
​ “Cito as mulheres porque esse é um público que nos procura em uma grande maioria, apesar de atendermos a muitos homens. Levamos em conta então todos os processos femininos como o metobolismo mais lento, o funcionamento do estômago e intestino, fígado e outros órgãos, a própria compulsão alimentar associada à ansiedade, a desordem hormonal ou mesmo o processo menstrual”, salientou a acupunturista. Somente depois do chamado diagnóstico energético, o protocolo individualizado é montado de acordo com a queixa do paciente. Como lembra Sidiara Castro, a fitoterapia leva em consideração a pessoa como um todo, atacando as causas e focando os resultados, os quais podem ser logo sentidos, apesar de o emagrecimento acontecer de modo permanente e lento, sem os riscos do efeito sanfona.
​Os fitoterápicos não são medicamentos, apesar de chegarem ao paciente também em forma de cápsulas. O alto teor de minerais e vitaminas presentes nas plantas é que garantirá uma reenergização do organismo, fazendo com que as sobras sejam eliminadas. As mulheres acima dos 40 anos ainda podem apresentar outros fatores que acabam por deixar o processo de emagrecimento mais lento, a exemplo da chegada ou proximidade da menor pausa ou mesmo a diminuição da libido. “Por isso, a importância de um bom diagnóstico energético, afim de que possamos tratar causas do sobrepeso. O emagrecimento será uma consequência, sem dúvida”, ressaltou Sidiara. Na fitoterapia chinesa, o indivíduo só pode emagrecer com disposição e com saúde se alimentando, e a fitoterapia é justamente isso, alimento, não medicamento. “Eu sempre falo aos meus pacientes que se eles me disserem o que eles comem eu digo exatamente como eles são. Essa energia da qual nosso corpo precisa vem justamente da alimentação.”

Adriana Matos e Cristiane Melo Tel:. (75) 99134-1324 Viver Mais Comunicação Integrada www.portalvivermais.com.br