PT quer reforçar segurança de Lula contra atentados

PT quer reforçar segurança de Lula contra atentados

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assunto, debatido discretamente, ganhou força com a radicalização crescente do discurso de ódio contra o partido e, principalmente, contra Lula incitado por Jair Bolsonaro

Reportagem de Igor Gielow na edição desta segunda-feira (26) da Folha de S.Paulo afirma que o PT pretende reforçar a segurança do ex-presidente Lula contra atentados visando as eleições de 2022.

O assunto, debatido discretamente, ganhou força com a radicalização crescente do discurso de ódio contra o partido e, principalmente, contra Lula incitado por Jair Bolsonaro (Sem partido) junto aos seguidores.

Lula teria vetado a proposta de intensificar a segurança agora, já na pré-campanha, e dispensado reforço na viagem programada para o Nordeste em agosto.

Como ex-presidente, Lula tem escolta de quatro agentes da Polícia Federal e de dois motoristas com carros oficiais.

Fonte:revistaforum.com.br

(Foto: Ricardo Stuckert)