Prefeitura intensifica vacinação contra a Influenza e o Sarampo

Prefeitura intensifica vacinação contra a Influenza e o Sarampo

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estratégias adotadas são para garantir que a população se proteja de outras doenças
Com o controle da pandemia da Covid-19 em Feira de Santana, o Governo Municipal foca sua atenção para a Influenza e o Sarampo. As estratégias de vacinação foram reforçadas na manhã desta terça-feira, 5, em coletiva à imprensa.

As duas campanhas ocorrem simultaneamente e iniciaram ontem, 04. A estratégia adotada pelo Ministério da Saúde determina que os imunizantes sejam ofertados no mesmo dia para evitar o adiamento da aplicação e proteger os grupos mais vulneráveis.

“Continuaremos com a vacinação contra a Covid-19, sobretudo em terceira dose, mas diante dos casos de sarampo e influenza no Brasil precisamos reforçar esse cuidado”, afirmou o prefeito Colbert Filho.

A primeira etapa da vacinação contra a Influenza será realizada durante todo o mês de abril, destinada aos idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da área de Saúde obedecendo uma ordem alfabética.

Já a imunização contra o Sarampo serão vacinadas crianças acima de 5 anos ou que estejam com a caderneta de vacinação desatualizada para tríplice viral e trabalhadores da Saúde. Para os profissionais da Saúde não há meta de cobertura vacinal.

O dia “D” da campanha será em 30 de abril. Todas as 104 unidades de saúde da rede pública municipal estarão abastecidas para garantir a atualização da caderneta de vacinação. A meta é imunizar 95% do público-alvo.

“O estoque de vacina é suficiente para imunizar a população. Nosso objetivo é contribuir com a interrupção do vírus no país”, afirmou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Carlita Correia, ressaltando que a campanha é para intensificar os serviços que já são disponibilizados durante todo o ano.

O secretário de Saúde, Marcelo Britto, destacou que o grande objetivo das ações é frear a cadeia de transmissão e que toda a população tenha acesso às vacinas. “A Covid não substituiu as demais patologias. Precisamos redirecionar as nossas ações contra as demais doenças. A vacinação é a grande arma de proteção à saúde”.

ÚLTIMOS CASOS REGISTRADOS

SARAMPO – Feira de Santana não registra casos positivos para o sarampo há três anos. O último foi confirmado em 2019, após um período de 21 anos sem casos positivos para a doença.

INFLUENZA – De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, em 2021, Feira de Santana confirmou 240 casos de Influenza.

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br