Prefeitura amanhece sem atividades administrativas e interditada para perícia

Prefeitura amanhece sem atividades administrativas e interditada para perícia

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Portas quebradas, estilhaços de vidro por toda a parte, cadeiras arremessadas, elevador para deficientes danificado, computadores jogados no chão. Divisórias em MDF foram arrancadas. Este é o cenário do Paço Municipal Maria Quitéria na manhã desta sexta-feira, 1º, um dia após a invasão de professores à Prefeitura de Feira de Santana.

Diante deste cenário, as atividades administrativas estão comprometidas no dia de hoje. É no Paço Municipal onde estão instalados o gabinete do prefeito, as secretarias municipais de Operações e Manutenção (SOMA), de Governo, gabinete da Comunicação e mais o departamento responsável pelo Diário Oficial Eletrônico.

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o prefeito Colbert Filho disse que “não compactua com nenhuma forma de violência e desrespeito” e reforçou que vem buscando dialogar com os profissionais da Educação lembrando que, nesta quarta-feira, 30, firmou compromisso em pagar o Piso Nacional dos Professores.

“Uma greve neste momento prejudica o nosso diálogo e também os alunos que acabaram de retomar às aulas presenciais e o ano letivo. O episódio de ontem representa uma situação isolada, que nós combatemos veementemente”, afirmou o chefe do Executivo Municipal.

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br