Prefeito anuncia criação da Lei e Fundo de Inovação

Prefeito anuncia criação da Lei e Fundo de Inovação

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Medidas são para estimular a inovação no município
O plano do Ecossistema Local de Inovação (ELI) foi lançado pelo Sebrae/Fsa na noite desta terça-feira, 29. O projeto tem como objetivo estimular o empreendedorismo e fomentar e fortalecer a inovação no município.

Evento apresentou o plano de ação para a estruturação e fortalecimento do ecossistema local em curto, médio e longo prazo. Mais de 30 empresários, lideranças locais, professores universitários, representantes dos mecanismos de inovação, dos poderes públicos municipais e estadual e de associações participaram da elaboração do plano. O prefeito Colbert Filho e o vice, Fernando de Fabinho, estiveram presentes.

A palestra foi conduzida por Edgar Andrade, fundador do primeiro laboratório de fabricação digital do Nordeste, o Fab Lab Recife, e ativista do movimento Maker.

O gerente regional do Sebrae em Feira de Santana, Isailton Reis, afirma que existe o engajamento diversas instituições que querem dar um salto. “O ecossistema é para quem não se limita apenas ao empreendedorismo, mas avança para a inovação”.

Na oportunidade houve a assinatura do Pacto pela Inovação de Feira de Santana, no qual várias organizações públicas e privadas celebraram o compromisso para alavancar ações para o fortalecimento do desenvolvimento do ecossistema de inovação do município.

O prefeito Colbert Filho anunciou medidas para fomentar a inovação no município, com a criação da Semana de Inovação, prevista para setembro, e a mudança do nome da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, que vai passar a ser chamada de Secretaria do Trabalho, Turismo, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico.

“Este ano comemoramos 200 anos da independência do Brasil e daqui a 12 anos o município também vai celebrar esta idade. Para marcar a data, estamos mudando o nome da secretaria e criando também o Fundo de Inovação. Além disso, a Lei de Inovação está sendo enviada à Câmara Municipal. Visamos integrar de forma direta e de forma institucional”, anunciou Colbert Filho.

O vice-prefeito, Fernando de Fabinho, destaca que o ecossistema é elaborado desde o ano passado e vai contribuir para o futuro das pequenas, médias e grandes empresas.

“Estamos buscando, acima de tudo, o desenvolvimento individual de todos os segmentos da sociedade. Feira de Santana é a primeira cidade da Bahia com um ecossistema começando a se formatar, ligando pontes das ideias aos produtores. Buscando aqueles que querem exportar, divulgar e entre outros meios. Dentro dessa rede é possível encontrar alternativas”, destacou.

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br