PM ameaça ex-companheira, atira contra ela e morre após ser baleado com a própria arma

PM ameaça ex-companheira, atira contra ela e morre após ser baleado com a própria arma

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Policial foi até a casa da mulher e iniciou uma briga, porque não aceitava o fim do relacionamento. Armado, ele a ameaçou de morte e disparou contra ela, que mesmo ferida, usou a arma dele para atirar.

Um policial militar da reserva morreu após ser baleado com a própria arma, na cidade Conceição do Jacuípe, que fica a cerca de 100 km de Salvador. Ele esteve na casa da ex-companheira para ameaçá-la e chegou a atirar contra ela, antes de ser ferido pela mulher.

Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu no domingo (27). Marcos Sanches não aceitava o fim do relacionamento e esteve na casa da ex-companheira, onde discutiu com ela. Durante a briga, ele sacou a arma e atirou contra ela.

A PM detalhou ainda que, mesmo ferida, a mulher usou a arma de fogo do militar para se defender e também disparou contra ele. Os dois foram socorridos para um hospital, mas o PM não resistiu aos ferimentos.

Já a mulher, cujo nome não foi divulgado, foi transferida para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana. Não há detalhes sobre o estado de saúde dela. A Delegacia de Conceição do Jacuípe fez a perícia no local e investiga o caso. Testemunhas devem ser ouvidas ainda nesta segunda-feira (28).

Fonte:g1.globo.com / ba