Petrobras anuncia redução de R$ 0,10 no preço da gasolina nas refinarias

Petrobras anuncia redução de R$ 0,10 no preço da gasolina nas refinarias

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estatal diz que sua parcela no valor do combustível vai diminuir. Mesmo assim, consumidor pode demorar a sentir efeitos nas bombas

Após aumentos consecutivos no preço médio da gasolina, a Petrobras anunciou que irá reduzir o valor do combustível nas refinarias. O litro da gasolina, que custava R$ 3,19 nas distribuidoras, estará disponível por R$ 3,09 a partir desta quarta-feira (15). O decréscimo foi de R$ 0,10 por litro, correspondendo a 3,13% de retração .

A redução foi feita após o décimo primeiro aumento do preço da gasolina desde o início de 2021. Em 25 de outubro, o litro do combustível ficou 7,04% mais caro nas distribuidoras.

Após o acréscimo, inclusive, estados brasileiros comercializaram a gasolina a quase R$ 8. Em Fernando de Noronha (PE), o combustível encostou nos R$ 10.

Segundo a Petrobras, a redução reflete, em parte, a evolução dos preços internacionais e da taxa de câmbio – fatores que influenciam no preço da gasolina nas refinarias.

A Petrobras ainda explica como o reajuste se aplica na parcela repassada ao valor cobrado ao consumidor: “Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina comum para a composição do combustível comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço da gasolina nas bombas passará a ser de R$ 2,26 a cada litro em média. Uma redução de R$ 0,07”.

No entanto, não é certo que redução feita pela estatal nas refinarias, ou na parcela dirigidas aos postos, impactará o preço final da gasolina.

Vale lembrar que o valor da combustível que chega nas bombas depende também dos tributos estaduais (ICMS) e federais (PIS/Pasep, Cofins e Cide), dos custos e despesas operacionais de cada empresa, dos biocombustíveis (como etanol) adicionados à gasolina e das margens de distribuição e de revenda. Atualmente, o valor médio do combustível é de R$ 6,955 no Brasil, de acordo com a Ticket Log, empresa de gestão de frotas.

Fonte:autoesporte.globo.com