Ônibus cai em ribanceira e deixa 10 mortos e outros 21 feridos, em Sapopema, no PR

Ônibus cai em ribanceira e deixa 10 mortos e outros 21 feridos, em Sapopema, no PR

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Acidente foi registrado na PR-090, no trecho da Serra Fria, no fim da noite de quarta (30). Veículo saiu de Três Lagoas (MS) com destino a Telêmaco Borba, com trabalhadores.

Um ônibus caiu em uma ribanceira no fim da noite de quarta-feira (30), em Sapopema, na região do Norte Pioneiro do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), 10 pessoas morreram e outras 21 ficaram feridas.O acidente aconteceu por volta das 22h de quarta-feira, no km 268 da PR-090. O trecho fica na localidade conhecida como Serra Fria e tem pista simples.

O ônibus transportava mais de 30 passageiros, que eram trabalhadores de várias regiões do país, conforme a polícia.

Eles saíram de Três Lagoas (MS) com destino a Telêmaco Borba, nos Campos Gerais do Paraná, onde trabalhariam na manutenção de uma fábrica da Klabin, que é a maior empresa produtora e exportadora de papéis do Brasil.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), chovia no momento do acidente.

A investigação acredita que o motorista tenha perdido o controle da direção, vindo sair com o veículo da pista e capotado.

Foto: Alceu Nascimento/RPC

Conforme o Corpo de Bombeiros, alguns trabalhadores foram resgatados por pessoas que passavam pela rodovia.

A polícia informou que os socorristas trabalharam no resgate dos feridos, que foram encaminhadas para os seguintes hospitais:

15 para o Hospital de Sapopema
4 para o Hospital de Curiúva
5 para o Hospital de São Jerônimo da Serra
1 para Cornélio Procópio

O outro lado
A Klabin informou que as vítimas são contratadas por uma empresa terceirizada chamada Engemec.

A indústria lamentou o ocorrido e disse que está prestando apoio à empresa terceirizada.

A Engemec lamentou o acidente e disse que está prestando toda assistência às vítimas e familiares.

A empresa também informou que os trabalhadores eram de várias localidades e que o ônibus era próprio.

Foto: Arte/g1

Fonte:g1.globo.com

Foto reprodução : PRE