Governo está atento ao aumento do número de casos de HIV em Feira

Governo está atento ao aumento do número de casos de HIV em Feira

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Teste rápido é capaz de detectar, ou não, a presença do vírus HIV

Em Feira de Santana 294 pessoas foram diagnosticadas com o vírus HIV, de janeiro a novembro deste ano. Em 2020, foram 280 casos. A informação é do Centro Municipal de Referência em IST/HIV/AIDS, que atualmente trata 3.411 pessoas contra a doença.

No local, o usuário tem acesso a uma equipe multidisciplinar formada por profissionais do Serviço de Assistência Especializada, composta por médicos infectologistas, obstetras, ginecologista e pediatra, além de uma equipe de enfermeiros, psicólogos, odontólogo, assistente social e nutricionista.

Temos duas psicólogas atuando diariamente atendendo os pacientes, uma do serviço de HIV e outra de Hepatites Virais, o que não impede que sejam realizadas ações conjuntas. Quando ele é admitido, já fazemos o encaminhamento, por compreender que é um momento difícil e é preciso esse acolhimento”, explica a enfermeira especialista em Saúde Pública e coordenadora do centro de referência IST / HIV/ AIDS de Feira de Santana, Vanessa Silva Marinho.

Os exames de carga viral são realizados sempre na segunda-feira à tarde, terças e quartas pela manhã. O CD4 (exame que indica o nível de imunidade do paciente) é realizado às terças e quartas pela manhã. Todas as amostras são encaminhadas para análise em Salvador. Segundo a coordenadora do órgão, esses exames, dependendo do quadro do paciente, são realizados de seis em seis meses em cada indivíduo.

Dezembro Vermelho

Além dos serviços realizados durante todo o ano, em dezembro, mês que marca a campanha Dezembro Vermelho, que visa a conscientização sobre o diagnóstico e controle da doença.

Neste período a realização do teste rápido, capaz de detectar, ou não, a presença do vírus HIV, além de testes rápidos de sífilis e hepatite, distribuição de preservativos, ações educativas e de prevenção são intensificadas no Centro de Referência e em todas as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família para sensibilizar a população sobre as medidas de cuidado, assistência e proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

O Centro Municipal de Referência em IST/HIV/AIDS funciona no Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Coelho Leda, na rua Professor Geminiano Costa, Centro.

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br