Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

‘Eu tô com fome e quero merendar’: Autor de hit das redes sociais sonha com parcerias no carnaval

‘Eu tô com fome e quero merendar’: Autor de hit das redes sociais sonha com parcerias no carnaval

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Música do digital influencer Menor Ericson tem mais de 200 milhões de visualizações e fica gravada na mente de quem escuta.

Um hit de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, tem dominado as redes sociais. A música “Eu tô com fome, quero merendar”, do digital influencer Menor Ericson, já tem mais de 200 milhões de visualizações, e faz o rapaz de 21 anos sonhar com parcerias no próximo carnaval. 

O viral foi lançado no Instagram, onde o baiano ostenta a marca de 1,3 milhões de seguidores com conteúdos de comédia. Ela “estourou” no Tik Tok, fazendo dançar famosos como Lore Improta, Whindersson Nunes, a jogadora de vôlei Jaqueline e outros famosos.

“Eu tô com fome, quero merendar. Pão com mortadela e guaraná. Chegou a madrugada olha só o que eu vou dizer: ‘Cream cracker'”, diz a letra que tem feito as pessoas se divertirem nas redes sociais.

Como nasce o hit

A ideia da música veio após a criação da banda “O Terno”. O baiano convidou amigos, que já tinham participado de outros grupos musicais e estavam sem trabalhar. A canção foi revelada no campo do Beira Riacho, bairro da Rua Nova, conhecido por ter forte apelo artístico e criativo em Feira de Santana.

Menor Ericson contou que os amigos Vitor, Lucas, Gabriel, Edison e Nadson questionaram se os seguidores iriam gostar da música. No final, entraram em consenso e gravaram o vídeo que, horas depois, estaria nos celulares de milhares de pessoas.

“Eu falei: ‘Rapaz, essa comida é raiz. O meu pessoal vai amar, não é ‘de boca’ não”, contou, usando a gíria baiana que significa “pode acreditar”.

O jovem tem aproveitado a fama. “Agora eu sou cantor, esqueça”, disse aos risos. Com a projeção, ele tem acreditado em um futuro melhor, com celebrações profissionais.

“Quando eu postei o vídeo no Instagram, eu não tinha Tik Tok. Aí o pessoal falou que eu não tinha noção, que estava viralizado, então eu baixei o aplicativo e vi que era verdade”.

“A ficha ainda não caiu e mesmo vendo eu questiono se é verdade. Lore Improta, Sthé Matos, Whindersson Nunes dançando. É muito gratificante”, comemorou.

Sonhos

Baiano mistura pão com mortadela em hit 'chiclete' e bomba nas redes sociais — Foto: Reprodução / Redes Sociais

Baiano mistura pão com mortadela em hit ‘chiclete’ e bomba nas redes sociais — Foto: Reprodução / Redes Sociais

Os números alcançados pela música fazem Menor Ericson sonhar alto. Mesmo sem a confirmação do carnaval, por causa da pandemia, ele garante que aceitará convites para cantar na folia, caso o evento seja realizado em Salvador.

“Se rolar convite, eu vou. Canto mesmo. Eu gosto de Léo Santana, Bruno Magnata, gostaria de cantar com eles”, contou.

Outro sonho do baiano é comprar uma casa, um carro e constituir uma família. O jovem também pensa em dar um auxílio às pessoas que o ajudaram, quando ele passou por um dos momentos mais difíceis da vida: a morte da mãe, em 2016.

“Eu quero poder ajudar eles, fazer as reformas nas casas, retribuir tudo o que me deram. Eles me abraçaram com amor”.

Ele já quis ser jogador de futebol, trabalhou em padaria e até se aventurou vendendo rifas. No entanto, ele “se encontrou” com o trabalho nas redes sociais e já criou uma nova canção, que também tem potencial para viralizar.

A nova promessa de hit também fala sobre comida, já que o baiano segue apostando na mortadela. 

“Pão com mortadela estourou, mas a mortadela acabou. Pão com mortadela estourou, mas a mortadela acabou. Se não tem mortadela? Pão com ovo!”

Fonte:g1.globo.com / ba