Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Covid-19: Rui Costa aguarda avanço na vacinação com duas doses para exigir ‘passaporte da vacina’ em locais públicos

Covid-19: Rui Costa aguarda avanço na vacinação com duas doses para exigir ‘passaporte da vacina’ em locais públicos

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Informação foi divulgada na noite desta terça-feira (28) durante o Papo Correria, programa onde o gestor responde perguntas através das redes sociais.

O governador da Bahia, Rui Costa, afirmou na noite desta terça-feira (28), que aguarda o avanço da vacinação com as segundas doses contra Covid-19 para estabelecer um decreto que torne obrigatório a apresentação da carteira de vacinação digital – também conhecida como passaporte da vacina em locais públicos.

A informação foi divulgada durante o Papo Correria, programa onde o gestor responde perguntas através das redes sociais.

“Como ainda nem todos acima de 30 anos foram vacinados, estamos esperando”, disse o governador da Bahia.

Durante a live, Rui Costa também anunciou uma nova convocação para o programa Partiu Estágio, que será publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (29). Serão chamados mais 1.324 estudantes de nível superior das redes pública e privada para estagiar em órgãos estaduais.

No dia 13 de setembro, o governador Rui Costa já havia adiantado que a Bahia vai passar a exigir o passaporte da vacina para acesso a locais públicos.

Além do acesso a locais públicos, o cartão de vacina digital também será obrigatório para acessar a eventos, restaurante e estabelecimentos. Nele, será possível checar se o cidadão já tomou a vacina contra a Covid-19, e comprovar o em qual das doses a imunização está.

O acesso já está disponível e o passaporte digital pode ser adquirido pelos sites: www.carteiradevacinadigital.saude.salvador.ba.gov.br ou www.cvd.saude.salvador.ba.gov.br. Quem já fez login no Vida+ do Sistema Único de Saúde (SUS), pode acessar o cartão digital com o CPF e a senha do sistema.

Essa é a mesma senha usada para quem fez o recadastramento do SUS, ou agendamento da vacina, ou ainda tenha solicitado a Vacina Express. Quem não tem essa senha poderá criar a conta, usando o nome, CPF, data de nascimento, e-mail e senha.

Já no primeiro acesso aparecerá cartão de vacinação digital, com o estado atual da imunização do cidadão. Os status são:

  • Sem registro de doses;
  • Parcialmente vacinado (apenas uma dose);
  • Parcialmente vacinado – em vermelho (para quem está com a segunda dose em atraso);
  • Totalmente vacinado (para quem tomou as duas doses).

O passaporte da vacina também detalha quando o cidadão tomou as doses e qual o tipo do imunizante. Com isso, é possível emitir um QR Code, para que o cartão digital seja acessado sem o uso da internet.

Fonte:g1.globo.com /ba