Carro de humorista Renato Piaba é encontrado onde houve ação da PM que resultou em mortes em Salvador; polícia investiga

Carro de humorista Renato Piaba é encontrado onde houve ação da PM que resultou em mortes em Salvador; polícia investiga

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Polícia Civil vai apurar se veículo foi utilizado para cometer outros crimes. Durante a madrugada, um líder evangélico foi feito refém por um homem em fuga e quatro suspeitos morreram.

O carro do humorista Renato Piaba, roubado na noite de sexta-feira (7) no bairro do Costa Azul, em Salvador, foi encontrado no mesmo local onde houve um confronto entre a Polícia Militar e suspeitos de tráfico de drogas e resultou na morte de quatro pessoas, no bairro da Massaranduba.

A informação foi confirmada pelo produtor do comediante, Beto Lima, que esteve no endereço na manhã deste sábado (8) e encontrou o veículo.

Ele informou que Renato Piaba passa bem e teve roubado dois telefones celulares, cartões, dinheiro e roupas. Ele havia chegado de viagem há pouco tempo e saía da academia quando foi abordado pelos suspeitos.

“Quatro homens em um carro prata, com placa de Uber. Ao tentar adentrar o carro, quando acionou o alarme, os caras abordaram. Tinham dois com arma e um com uma faca. Tentaram colocar a arma ameaçando. Ele se identificou e conseguiu correr. Eles [os suspeitos] pegaram o carro e evadiram”, disse o produtor.

O Major Alex, comandante da 17ª CIPM, confirmou que recebeu a informação sobre o carro do humorista estar no endereço onde houve a ação e disse que as circunstâncias apontam ter sido o mesmo grupo envolvido no tiroteio. O caso, no entanto, será investigado pela Polícia Civil.

“Dá a entender que é do grupo criminoso que nós atuamos contra eles ontem que tenha sido os autores desse caso, mas só vamos confirmar após investigação.

Veículo do humorista foi localizado no bairro da Massaranduba na manhã deste sábado (8) — Foto: Reprodução/TV Bahia

Veículo do humorista foi localizado no bairro da Massaranduba na manhã deste sábado (8) — Foto: Reprodução/TV Bahia

Cárcere privado e mortes na Massaranduba

Um líder evangélico de 53 anos foi feito refém durante a fuga de um suspeito em uma operação da Polícia Militar no bairro da Massaranduba, em Salvador, entre a noite de sexta-feira (7) e a madrugada deste sábado (8). De acordo com a corporação, os agentes encontraram mais de 10 homens com arma de fogo na localidade e houve um confronto.

Um dos suspeitos fugiu, invadiu um imóvel e manteve a vítima em cárcere privado. Segundo informações da 17ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) negociou a liberação da vítima e prendeu o homem, um jovem de 19 anos.

O estado de saúde do refém liberado não foi divulgado. Com o suspeito, a polícia encontrou duas pistolas – uma de calibre 380 e outra 9 milímetros.

Em nota, a Polícia Civil disse que o homem foi levado ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e acrescentou que, além do cárcere privado, ele atirou contra uma das equipes de policiais e entrou na casa, onde fez a vítima refém.

Ainda de acordo com a PM, os outros homens armados atiraram contra os agentes e houve revide. Na ação, quatro suspeitos foram baleados. Eles foram levados ao Hospital Ernesto Simões Filho, mas não resistiram aos ferimentos.

Com o grupo foram também apreendidas drogas, telefones celulares e seis armas de fogo – uma espingarda calibre 12, três submetralhadoras e duas pistola 9 milímetros.

Uruguai

Já no bairro do Uruguai, bairro vizinho a Massaranduba, a PM informou que as equipes encontraram um grupo de cinco homens armados, que atiraram nos policiais. Segundo a corporação, houve um revide e um dos suspeitos foi baleado. Ele foi levado ao Hospital do Subúrbio e não resistiu.

A polícia apresentou uma pistola 380 e 33 papelotes de cocaína e 22 de maconha, que estariam em poder do suspeito.

De acordo com a Polícia Militar, todos os homens envolvidos na ação tinham envolvimento com o tráfico de drogas e portavam armas ilegais, que foram apresentadas como resultado da operação.

Na noite de quinta-feira (5), uma intensa troca de tiros assustou moradores das ruas São Francisco e Santos Titara, também da Massaranduba. Não houve registro de feridos.

Moradores informaram que as trocas de tiros também aconteceram nas localidades conhecidas como “Pistão” e “Boi”. Vídeos gravados no local mostram vários homens com armas de grosso calibre circulando pelos locais.

De acordo com a Polícia Militar, equipes foram acionadas por moradores. Ao chegarem nos locais, os militares fizeram rondas mas não encontraram os suspeitos. O policiamento está reforçado na região.

Na terça-feira (4), um idoso foi baleado em uma tentativa de assalto, no bairro de Vila Ruy Barbosa, vizinho a Massaranduba. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos tentaram roubar o veículo dele.

O número de suspeitos não foi detalhado. Também não há detalhes se a vítima reagiu ao assalto. O idoso foi socorrido por uma equipe da Polícia Militar para o Hospital Geral do Estado (HGE), no entanto, não há informações sobre o estado de saúde dele.

Próximo ao bairro de Vila Ruy Barbosa, na localidade conhecida como Bate Estaca, um outro homem foi morto a tiros. A vítima foi identificada como Rodrigo de Jesus Andrade. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

g1.globo.com / ba

Foto: Reprodução/TV Bahia