Atlético-MG vence o Bragantino e levanta a taça de campeão do Brasileiro

Atlético-MG vence o Bragantino e levanta a taça de campeão do Brasileiro

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Em jogo de sete gols, Galo vence mais uma em casa e faz festa com a torcida no Mineirão

É campeão!!!

Foi com emoção até mesmo no jogo da festa! Com o título garantido desde quinta, após a vitória de virada por 3 a 2 sobre o Bahia, o Galo fez o jogo da festa diante do Bragantino, no Mineirão. Uma partida de sete gols, cheia de reviravoltas, mas que, no fim, novamente o novo campeão brasileiro foi melhor. Triunfo por 4 a 3. E muita, muita emoção no Mineirão com a taça do Brasileiro levantada, após 50 anos de espera.

Taça levantada

Após receberam as medalhas de campeão, jogadores, membros da comissão técnica, do staff do clube e dirigentes levantaram a taça de campeão brasileiro e desfilaram no gramado do Mineirão.

Das mãos do primeiro campeão

O Galo voltou a ser campeão brasileiro após 50 anos. O título, em 1971, veio da cabeça do ídolo Dadá Maravilha. No Mineirão, neste domingo, coube ao responsável pela primeira conquista levar a taça até o gramado.

“Já virei atleticano”

Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 19 gols e principal nome da campanha do título do Galo, o atacante Hulk deixou também sua marca no jogo da festa, ao marcar um belo gol contra o Bragantino, além de dar um passe de letra para outro gol. Durante a comemoração, agradeceu pelo carinho e disse que “já virou atleticano” e que, agora, é “mais um torcedor fanático”.

Hulk comemora gol pelo Atlético-MG

Hulk comemora gol pelo Atlético-MG (Foto: Pedro Souza/ Atlético-MG)Novo recorde

O jogo da festa também marcou o novo recorde batido pela torcida do Atlético-MG, no novo Mineirão. Foram 61.573 presentes, com renda de R$ 8.818.854,25.

Torcida do Atlético-MG ergue milhares de estrelas amarelas no Mineirão

Torcida do Atlético-MG ergue milhares de estrelas amarelas no Mineirão (Foto: Flickr Atlético-MG)Premiação $$$

Com o título do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG aumenta ainda mais seus ganhos em premiação no torneio. O título garante mais R$ 33 milhões. E pode vir mais! O Galo está na final da Copa do Brasil. Nos dias 12 e 15 de dezembro, enfrenta o Athlético-PR e pode faturar, além da Tríplice Coroa, mais R$ 71,15 milhões.

Atlético-MG levanta a taça de campeão brasileiro

Atlético-MG levanta a taça de campeão brasileiro (Foto:Globo)

Com o título garantido, o Galo agora mira a decisão da Copa do Brasil, contra o Athlético-PR, nos próximos dias 12 (Mineirão) e 15 (Arena da Baixada). Antes, o time encerra a trajetória campeã no Brasileiro diante do Grêmio, que luta contra o rebaixamento, em Porto Alegre. O Bragantino (sexto colocado com 53 pontos), por sua vez, ainda não está garantido na fase de grupos da Libertadores. Precisa pontuar diante do Internacional, quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Nabi Abi Chedid.

Keno, do Atlético-MG, comemora gol marcado por ele diante do Bragantino

Keno, do Atlético-MG, comemora gol marcado por ele diante do Bragantino (Foto: Fernando Moreno/AGIF)Primeiro tempo

Embora o Bragantino é quem precisava mais dos pontos da partida, o Atlético foi quem começou o jogo chegando mais ao ataque. Enquanto faltava intensidade ao Massa Bruta, o Galo trocava passes em busca ao campo de ataque. Aos 19 minutos, Keno roubou a bola, avançou ao ataque e, de fora da área, chutou rasteiro no canto. O Bragantino aumentou a intensidade na reta final do primeiro tempo. E chegando com mais agressividade, empatou com Ytalo aos 38. Cuello tocou para Artur, que entrou na área, driblou Tchê Tchê e bateu para o gol. Everson fez a defesa com o pé, mas permitiu o rebote. Na sobra, Ytalo mandou para as redes.

Atlético-MG x Bragantino Diego Costa

Atlético-MG x Bragantino Diego Costa (Foto: Cristiane Mattos/Futura Press)Segundo tempo

Foi cheio de emoções! Começou com Artur, fazendo gol logo no começo e virando. Cuca, então, passou a fazer mudanças na equipe. Zaracho recebeu livre na área e empatou. A virada veio com Savarino, uma das mudanças do treinador, após belo passe de Hulk. O artilheiro do Brasileiro, com 18 gols, completou a virada atleticana com um belo toque por cima de Cleiton. Mais uma pintura do, provavelmente, craque do Brasileiro 2021. Artur ainda descontou no fim, mas não foi o bastante para estragar a festa atleticana no Mineirão!

Atlético-MG x Bragantino Zaracho

Atlético-MG x Bragantino Zaracho (Foto: Fernando Moreno/AGIF)

Fonte:ge.globo.com