Aplicação da vacina BCG pode ser interrompida em Feira de Santana

Aplicação da vacina BCG pode ser interrompida em Feira de Santana

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Município aguarda entrega de uma nova remessa para dar continuidade à vacinação

A aplicação da vacina BCG, que protege contra a tuberculose, indicada para todos os bebês no primeiro mês de vida, pode ser interrompida em Feira de Santana. O motivo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é o estoque reduzido e a dificuldade em adquirir seringas no mercado – a Rede de Frio do órgão é abastecida pelo Núcleo Regional de Saúde Centro Leste e até o momento não recebeu uma nova remessa.

No Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, já não está sendo possível realizar a vacinação dos bebês nascidos na maternidade. O estoque está zerado. “É uma situação que não está no nosso controle”, afirma a diretora-presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas.

A aplicação desta vacina requer seringa especial, com agulhas mais finas e uma dosagem menor de 0,5 ml. Outra situação apontada pela SMS é a data de validade das vacinas em estoque, que devem ser utilizadas até hoje (30).

Os pais que ainda não vacinaram os bebês podem se dirigir a qualquer Unidade Básica de Saúde para realizar a aplicação. A partir de amanhã (1º), se não houver abastecimento, a aplicação da vacina será suspensa.

Fonte:www.feiradesantana.ba.gov.br