Feira de Santana Tempo
FEIRA DE SANTANA Tempo

Feijão: tendência é de preços em alta, diz consultoria

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Relatório especial divulgado pela consultoria Cogo – Inteligência em Agronegócio aponta que a tendência é de sustentação dos preços do feijão carioca e preto, com quebras nas safras das regiões Sul e Sudeste e com a formação de estoques por parte dos consumidores, após a eclosão da pandemia de Covid-19 no Brasil e oferta interna…

Relatório especial divulgado pela consultoria Cogo – Inteligência em Agronegócio aponta que a tendência é de sustentação dos preços do feijão carioca e preto, com quebras nas safras das regiões Sul e Sudeste e com a formação de estoques por parte dos consumidores, após a eclosão da pandemia de Covid-19 no Brasil e oferta interna oferta ajustada ao consumo.

O feijão carioca registra uma alta do preço médio ao produtor de 27,1% entre janeiro e maio de 2020 e de 109,2% nos últimos 12 meses. Os preços, FOB produtor, de notas 8,5 a 9,5, oscilam em um intervalo entre R$ 300 a R$ 350 por saca de 60 kg neste fim de maio.

Os preços do feijão preto extra, FOB produtor, oscilam entre R$ 230 e R$ 270 por saca de 60 kg, ante R$ 180 a R$ 220 por saca de 60 kg verificados no mês de abril.

“A alta dos preços poderá elevar a intenção de plantio na terceira safra de 2020, com as margens elevadas para produtores que utilizam sistemas de irrigação no cultivo”, informa.

Fonte: www.canalrural.com.br